Anibr
Fawkes

Dragon Ball Super: tudo depende de você

Fawkes

7 de ago de 2017


Divulgação. © Toei Animation

“Vamos juntos retomar..“
Ah Dragon Ball Super, um caso tanto quanto peculiar de amor e ódio, mas que particularidades à parte, despertou toda uma sensação de nostalgia na tarde do último sábado pelo Cartoon Network.

Afinal, Dragon Ball só é Dragon Ball dublado em português. #Aceitem.
Antes de tudo, o que falar a respeito desta estreia arrebatadora? Um dos assuntos mais comentados no Twitter e em outras redes sociais como o Facebook. As expectativas foram as melhores possíveis. E todo mundo saiu ganhando. Cinco episódios, que delícia.

Dragon Ball Super recebeu pelo Cartoon Network uma importância real que poucos – ou quase ninguém – acreditava, com direito a ações promocionais por toda a Internet e um tratamento digno, tanto de horário quanto de conteúdo. As vinhetas de abertura e encerramento, qual era esperada remoção ou compactação, foram mantidas, e todas as informações de localização traduzidas ao português.



A dublagem ficou por mais uma vez a cargo do competente estúdio Unidub, que dispensa qualquer apresentação. É incontestável em qualquer situação alocar críticas negativas a um trabalho que se compreende total imersão de carinho e comprometimento como este. É surreal.
Destaque especial para Felipe Grinnan já eternizado como Whis. O que dizer a respeito da icônica cena “constrangedora” promovida por Bills? Hilário – e ponto positivo para o canal por não cortar este trecho, que até poderia ser considerado inadequado.

E a respeito da censura, o Cartoon Network não merece ser apedrejado por isso. Pouquíssimos cortes foram realizados, uma exibição aos pés da original. Amigos, os tempos são outros, a nossa cultura é outra. Comparar pelo simples fato do anime exibir sequências mais intensas ou adultas no Japão por canais infantis e o mesmo não acontecer por aqui é ridículo; tome como exemplo as represálias de pais contra a HBO pela exibição do filme Festa da Salsicha nas tardes do canal.


Divulgação. © Toei Animation

A estreia de Dragon Ball Super no Cartoon Network é importantíssima para todos os fãs de anime que suplicam por novos títulos, seja no canal ou em outras mídias. Independente se você é fã ou não de determinada animação, o meu apelo em particular, e que se está engajado em um trabalho primoroso, é: não desconsidere, não rejeite, apoie este conteúdo. Criticas a falta de animes na Internet é muito fácil. Pagar uma assinatura de TV para acompanhar ou serviços de streaming.. parece ser tão difícil. Consumir ilegalmente lhe dará apenas o prazer imediato de ter assistido o que queria sem ter que precisar gastar nada por isso. É justo se aproveitar do trabalho dos outros, de todo um longo processo para que se fosse lançado no Brasil sem ajudar em nada? E como se não bastasse, este mesmo que não apoia, mas apenas aponta o dedo, será o primeiro a desestimular a todos se uma única cena de 2 segundos for editada. Patético.

Esta semana não serão exibidos novos episódios, mas sim a reprise dos que foram lançados no sábado, mas não quer dizer que você deve deixar a TV desligada e pouco menos falar sobre a série. Muito pelo contrário. Apoie mais uma vez, comente sobre durante a exibição, movimente as redes sociais. Dragon Ball Super chegou e muito mais ainda pode vir. Tudo depende de você.

Dragon Ball Super vai ao ar de segunda a sexta, às 15h30 e às 23h, além de maratona aos sábados, às 23h. Os episódios também já estão disponíveis no Cartoon Network GO.

0

 

Todos os direitos Reservados © 2011-2017 AniBR

Desenvolvido por Akuma Design